segunda-feira, 20 de agosto de 2018

Divida Histórica

   O DOGMA DA “DÍVIDA HISTÓRICA” RESISTE A LÓGICA?

   Vamos ver.

  “Entre as tribos índias que não eram canibais, mas praticavam a escravatura os papanases não tinham costume de matar os que os ofendiam, mas faziam deles escravos, os guaianás não comiam carne humana e faziam os prisioneiros escravos, os tapuias também faziam os cativos escravos.”

  


  Para ser um bom Filosofo é importante se interessar por História.

  É possível você ser um bom mecânico de automóveis sem saber dirigir?
  Fica meio complicado, mas é possível.

  É possível você dirigir automóvel sem entender nada de mecânica?
  Sim, é possível desde que esse “nada” não seja extremo, quero dizer que pelo menos verificar óleo, calibrar pneus, colocar água no radiador você precisa saber ou ter alguém que faça por você.

  Digamos que a História é o “motor”, toda engrenagem que nos trouxe até aqui e a inteligência e sabedoria é dar direção a todo esse conhecimento acumulado.
  Um Filosofo é tão mais completo quanto mais ele conhece a “mecânica” e analisa e sugere “direções”.

  Percebam que “homens brancos europeus” NÃO inventaram a escravidão.

  Já discutimos que a escravidão era bem aceita pelo Deus Bíblico e agora vemos que índios a praticavam.
  Fiz questão de trazer exemplos de tribos brasileiras para não restar duvida que a escravidão não foi fruto da colonização europeia.

  Qual a situação do escravo africano no Brasil Império?


  

Comentários


.